Porto Alegre, quinta-feira, 12 de novembro de 2020.
Dia do Supermercado. Dia Internacional da Qualidade.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 12 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

ELEIÇÕES 2020

- Publicada em 17h43min, 11/11/2020. Atualizada em 10h37min, 12/11/2020.

Manuela e Rossetto manifestam solidariedade a Fortunati nas redes sociais

Candidatos lamentaram os rumos da campanha eleitoral e reforçaram apoio a Fortunati

Candidatos lamentaram os rumos da campanha eleitoral e reforçaram apoio a Fortunati


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Fernanda Crancio
Líder nas pesquisas de opinião e apontada como uma das principais prejudicadas pelos novos rumos da disputa à prefeitura de Porto Alegre, Manuela D'ávila (PCdoB) enfatizou nas redes sociais sua solidariedade a José Fortunati (PTB), que anunciou a retirada da candidatura no final da manhã desta quarta-feira (11).
Líder nas pesquisas de opinião e apontada como uma das principais prejudicadas pelos novos rumos da disputa à prefeitura de Porto Alegre, Manuela D'ávila (PCdoB) enfatizou nas redes sociais sua solidariedade a José Fortunati (PTB), que anunciou a retirada da candidatura no final da manhã desta quarta-feira (11).
Em uma série de três postagens no Twitter, a candidata destacou que quer "vencer com apoio da população" e disse que nenhuma outra forma de chegar a esse objetivo valeria à pena. "Porto Alegre tem acompanhado com atenção as eleições e a forma como cada candidatura tem tentado construir sua vitória. Nós queremos vencer com o apoio da população. Nenhuma outra forma vale a pena", reforçou.
Na sequência, a ex-deputada prestou solidariedade ao ex-prefeito e ressaltou compromissos em comum pela cidade. "Temos diferentes histórias, mas também compromissos comuns com a luta pela gestão própria da vacina, com o microcrédito, com o orçamento participativo. Por mais que tentem impedir Porto Alegre de decidir no voto, domingo é dia de escolhas", apontou.
No final da manhã, mantendo a linha de manifestações de sua campanha, Manuela também disse que a hora é de "trocar a política do ódio, pelo amor que vai transformar Porto Alegre".
TWITTER/REPRODUÇÃO/JC
Seu vice na chapa, Miguel Rossetto (PT), também fez questão de comentar os rumos da eleição. Em postagem publicada no Facebook, no início da tarde, disse que a saída de Fortunati da disputa representava uma opção negada ao eleitor e que democracia ficava menor com a decisão. "É um desfecho triste a poucos dias das eleições. Fortunati se retira com dignidade, para não colocar o eleitorado em uma incerteza de que seu voto seria validado ou não".
O candidato ressaltou ainda a relação de respeito e convívio democrático com Fortunati, lamentou o desfecho e reconheceu que, apesar de manterem visões diferentes, "nada justifica substituir a escolha livre do eleitor, por questiúnculas jurídicas". "Domingo, a cidadania vai falar. E sua opinião pela mudança deixará claro que é só a vontade soberana do povo que faz transformações reais", complementou Rossetto.
A decisão de Fortunati, a quatro dias da eleição, foi provocada pela determinação da Justiça Eleitoral de indeferir a candidatura de seu vice, André Cecchini (Patriota), por entender que sua filiação partidária foi feita após o encerramento do prazo determinado no calendário eleitoral. Na sequência da renúncia do candidato trabalhista, o PTB confirmou migração do apoio à campanha de Sebastião Melo (MDB).
 O atual prefeito da Capital, Nelson Marchezan Júnior (PSDB), também lamentou o atual cenário da disputa, e disse que a saída de Fortunati não pode ser comemorada.
Comentários CORRIGIR TEXTO