Porto Alegre, terça-feira, 27 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 27 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

governo federal

- Publicada em 09h45min, 27/10/2020.

Bolsonaro e ministros participam de cerimônia de hasteamento da Bandeira

Ministros e demais membros do governo se reuniram no Palácio da Alvorada

Ministros e demais membros do governo se reuniram no Palácio da Alvorada


Alan Santos/PR/JC
O presidente Jair Bolsonaro e ministros participaram na manhã desta terça-feira (27) da cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional no Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo e os demais membros do governo então se reuniram na residência oficial para mais um encontro do Conselho de Governo.
O presidente Jair Bolsonaro e ministros participaram na manhã desta terça-feira (27) da cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional no Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo e os demais membros do governo então se reuniram na residência oficial para mais um encontro do Conselho de Governo.
Além dos ministros de Estado e presidentes de bancos oficiais, também estava presente no local o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres. Ontem, o Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento para questionar o Ministério da Saúde e a Anvisa sobre o planejamento e escolha de vacinas contra a Covid-19.
Na semana passada, o debate sobre um imunizante foi alvo de divergências entre o governo federal e o governo de São Paulo. Bolsonaro foi contrário à aquisição de uma vacina de origem chinesa e mandou cancelar protocolo assinado pelo ministro Eduardo Pazuello. Apesar disso, a Anvisa liberou na sexta-feira (23) a importação de 6 milhões de doses da vacina Coronavac.
Nesta terça, o ministro Pazuello não participou da cerimônia porque segue se recuperando após o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Também estavam presentes o diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, e o secretário especial de Assuntos Estratégicos, Flávio Rocha, cotado para assumir o cargo de ministro-chefe da Secretaria-Geral, com saída de Jorge Oliveira no fim do ano para assumir vaga no Tribunal de Contas da União (TCU).
Antes da cerimônia, o presidente cumprimentou apoiadores que estavam em frente ao Alvorada para assistir ao hasteamento da Bandeira. Além da brasileira, foram elevadas as bandeiras do Mercosul e a do Brasão da República, símbolo da Presidência.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO