Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Judiciário

- Publicada em 19h55min, 22/09/2020.

Presidente do TST viaja a São Paulo para tratar Covid

Maria Cristina Peduzzi foi transferida da unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês para a de São Paulo, neste domingo.

Maria Cristina Peduzzi foi transferida da unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês para a de São Paulo, neste domingo.


RENATO ARAUJO/ABR/JC
Diagnosticada com coronavírus na semana passada, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Peduzzi, foi transferida da unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês para a de São Paulo, no último domingo (20).
Diagnosticada com coronavírus na semana passada, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Peduzzi, foi transferida da unidade de Brasília do Hospital Sírio-Libanês para a de São Paulo, no último domingo (20).
Segundo boletim médico, ela apresenta estado de saúde estável, mas respira com ajuda de um catéter nasal de oxigênio e tem sido medicada diretamente na veia. Não há previsão de alta.
A magistrada esteve presente na posse do ministro Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 10. Ao menos oito autoridades que compareceram à solenidade foram infectados pela Covid-19, incluindo Fux.
A assessoria do tribunal informou que a titular estava cumprindo todos os compromissos de forma remota desde o início da pandemia, à exceção da posse do novo chefe do Supremo.
Com a ausência de Maria Cristina, a presidência do TST está sendo exercida pelo vice-presidente do tribunal, ministro Vieira de Mello Filho.
Comentários CORRIGIR TEXTO