Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Eleições 2020

- Publicada em 19h16min, 15/09/2020. Atualizada em 21h16min, 15/09/2020.

PSDB confirma Marchezan para reeleição à prefeitura de Porto Alegre

Prefeito vota durante convenção municipal realizada no modelo drive-in

Prefeito vota durante convenção municipal realizada no modelo drive-in


PSDB/Divulgação/JC
Rariane Costa
Em convenção partidária no modelo drive-in realizado no estacionamento do teatro da Amrigs, em função das restrições impostas pelo cenário da pandemia, o PSDB confirmou por unanimidade na tarde desta terça-feira (15) a candidatura de Nelson Marchezan Júnior (PSDB) à reeleição em Porto Alegre. A chapa encabeçada pelo prefeito terá Gustavo Jardim (PSL) como vice.
Em convenção partidária no modelo drive-in realizado no estacionamento do teatro da Amrigs, em função das restrições impostas pelo cenário da pandemia, o PSDB confirmou por unanimidade na tarde desta terça-feira (15) a candidatura de Nelson Marchezan Júnior (PSDB) à reeleição em Porto Alegre. A chapa encabeçada pelo prefeito terá Gustavo Jardim (PSL) como vice.
O apoio de PL e PSL irá render a coligação liderada pelo tucano o maior tempo de propaganda eleitoral na televisão e rádio. O partido também homologou nominata de 54 candidatos a vereador.
Marchezan é alvo de um processo de impeachment aberto na Câmara de Porto Alegre em 5 de agosto que investiga o uso de verbas do Fundo Municipal de Saúde com gastos publicitários. O processo chegou a ser suspenso por determinação judicial, mas a decisão foi revertida em ação levada pelo Legislativo, e agora, novamente, o prefeito conseguiu interromper a tramitação na Câmara Municipal por meio de um mandado de segurança.
Com a confirmação do PSDB pela disputa ao Paço Municipal, Porto Alegre soma 12 candidatos à prefeitura. O número que deve se manter até o fim do prazo para convenções partidárias, que se encerra nesta quarta (16), com os atos de PL, PSL, Solidariedade e Podemos.
Além de Marchezan, estão na corrida pela prefeitura Sebastião Melo (MDB), Valter Nagelstein (PSD), Fernanda Melchionna (PSOL), Manuela d'Ávila (PCdoB), Juliana Brizola (PDT), Rodrigo Maroni (Pros), Gustavo Paim (PP), Julio Flores (PSTU), José Fortunati (PTB), MontSerrat Martins (PV) e João Derly (Republicanos).
Comentários CORRIGIR TEXTO