Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Protestos

- Publicada em 03h00min, 01/06/2020.

Porto Alegre tem atos pró e contra Bolsonaro no Centro Histórico

O domingo foi marcado por protestos pró e contra o presidente Jair Bolsonaro em São Paulo e Porto Alegre. Na capital gaúcha, os atos ocorreram no Centro Histórico, onde participantes de cada lado estavam a poucas quadras de distância. A Brigada Militar chegou a demarcar, no chão de uma das ruas, uma divisão de área para os dois protestos. 

O domingo foi marcado por protestos pró e contra o presidente Jair Bolsonaro em São Paulo e Porto Alegre. Na capital gaúcha, os atos ocorreram no Centro Histórico, onde participantes de cada lado estavam a poucas quadras de distância. A Brigada Militar chegou a demarcar, no chão de uma das ruas, uma divisão de área para os dois protestos. 

Em Porto Alegre, o grupo pró-Bolsonaro portava bandeiras do Brasil e estava na rua Caldas Júnior, próximo à Igreja das Dores, na região onde fica o Comando Militar do Sul, o QG do Exército, e da Brigada Militar. Faixas afirmavam que "Supremo é o povo" e "Abaixo a ditadura do STF". Os integrantes usavam as cores verde e amarela e ostentavam a bandeira do Brasil. Depois do ato, o grupo se dirigiu ao Parque Moinhos de Vento (Parcão).

A poucas quadras, na rua Sete de Setembro, nas proximidades da Casa de Cultura Mario Quintana, manifestantes faziam o quarto ato que se intitula como "anti-fascista" e com críticas ao presidente e movimentos de apoio a ele. Outras manifestações com grupos pró e contra Bolsonaro ocorreram neste domingo em São Paulo e em Brasília.

Comentários CORRIGIR TEXTO