Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Judiciário

- Publicada em 03h00min, 01/06/2020.

Depois de Celso de Mello citar Hitler, Gilmar pede 'ponderação'

O ministro do STF Gilmar Mendes pediu "ponderação e cuidado", ontem, em meio a um dia de protestos pró-democracia em São Paulo e mensagens do colega de Corte, o decano Celso de Mello, que comparam o Brasil à Alemanha de Hitler. "A gente não deve acender fósforo para saber se existe gasolina no tanque", disse Gilmar. "O momento recomenda ponderação e cuidado para todos." Em São Paulo, houve conflito entre manifestantes. Mais cedo, o ministro Celso de Mello, do Supremo, comparou o Brasil à Alemanha nazista em mensagens enviadas reservadamente a interlocutores pelo WhatsApp. O decano afirmou que bolsonaristas "odeiam a democracia" e pretendem instaurar uma "desprezível e abjeta ditadura".

O ministro do STF Gilmar Mendes pediu "ponderação e cuidado", ontem, em meio a um dia de protestos pró-democracia em São Paulo e mensagens do colega de Corte, o decano Celso de Mello, que comparam o Brasil à Alemanha de Hitler. "A gente não deve acender fósforo para saber se existe gasolina no tanque", disse Gilmar. "O momento recomenda ponderação e cuidado para todos." Em São Paulo, houve conflito entre manifestantes. Mais cedo, o ministro Celso de Mello, do Supremo, comparou o Brasil à Alemanha nazista em mensagens enviadas reservadamente a interlocutores pelo WhatsApp. O decano afirmou que bolsonaristas "odeiam a democracia" e pretendem instaurar uma "desprezível e abjeta ditadura".

Comentários CORRIGIR TEXTO