Porto Alegre, sexta-feira, 22 de maio de 2020.
Dia do Apicultor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 22 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Investigação

Alterada em 22/05 às 11h23min

Assessor de Flávio defendeu família Bolsonaro

Apontado por Paulo Marinho como uma das pessoas que presenciaram o suposto vazamento da Operação Furna da Onça, o advogado Victor Granado Alves defendeu o presidente da República, Jair Bolsonaro, e os filhos em casos que envolvem ofensas aos quilombolas, pedidos de reparação à imprensa e acusação contra o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).
Apontado por Paulo Marinho como uma das pessoas que presenciaram o suposto vazamento da Operação Furna da Onça, o advogado Victor Granado Alves defendeu o presidente da República, Jair Bolsonaro, e os filhos em casos que envolvem ofensas aos quilombolas, pedidos de reparação à imprensa e acusação contra o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).
Após as afirmações que fez envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), de quem é suplente, o empresário Paulo Marinho prestou na quinta-feira (21) depoimento no Ministério Público Federal sobre a suspeita de vazamento.
Durante o depoimento, a defesa do empresário e pré-candidato à prefeitura do Rio pelo PSDB pediu ao MPF que investigue informações de que suas contas bancárias estariam sido alvo de uma "devassa" em represália às suas declarações.
Comentários