Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 03h00min, 13/05/2020.

Governo amplia testagem para Covid-19 e disponibiliza 135 mil exames rápidos no RS

Pessoas acima de 50 anos e novas categorias profissionais serão testadas

Pessoas acima de 50 anos e novas categorias profissionais serão testadas


/MOHD RASFAN/AFP/JC
Seguindo o que já havia anunciado na semana passada, o governo estadual ampliou os grupos de gaúchos a serem testados para a Covid-19, atingindo diferentes categorias e faixas etárias.
Seguindo o que já havia anunciado na semana passada, o governo estadual ampliou os grupos de gaúchos a serem testados para a Covid-19, atingindo diferentes categorias e faixas etárias.
Nesta terça-feira, 135 mil testes rápidos oriundos do Ministério da Saúde serão remetidos às prefeituras, na terceira remessa de testagem fornecida pelo Estado, totalizando cerca de 250 mil amostras.
Na primeira remessa de testes disponibilizados foram mais de 25 mil testagens liberadas. Já na segunda etapa, cerca de 82 mil.
Com a ampliação do público a ser testado serão incluídos pessoas acima de 50 anos, portadores de síndromes respiratórias agudas graves e que estejam internados, trabalhadores da área da saúde, profissionais do transporte público, do transporte de cargas e das unidades sentinela de saúde, acompanhantes domiciliares de pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus, população privada de liberdade e cidadãos das regiões que apresentam surtos localizados em indústrias e lares que abrigam idosos, como Passo Fundo e Lajeado.
Nesses casos, os testes (26,2 mil) serão entregues às coordenadorias regionais de saúde, para ajudar no gerenciamento e aplicação naqueles municípios mais atingidos por casos de Covid-19. Os demais 109,4 mil testes rápidos para detecção de anticorpos do novo coronavírus serão encaminhados às prefeituras.
De acordo com o governador Eduardo Leite, a ampliação da capacidade de testagem permite ao Estado ter uma visão mais clara da disseminação da doença no Rio Grande do Sul.
"A política de testagem é muito importante, nossos critérios de testagem sempre foram cientificamente estruturados, para que tenhamos uma visão correta do comportamento do vírus", disse o governador do Estado.
Nesse sentido, Leite lembrou ainda que nesta quarta-feira serão apresentados os resultados da última etapa de testes realizada pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel).
Dentro da política de enfrentamento à Covid-19, o governo gaúcho disponibilizou também mais de 11 mil cestas básicas às populações mais vulneráveis, como indígenas, quilombolas,comunidades LGBT e povos de comunidades religiosas de matrizes africanas.
Serão cerca de 280 toneladas de alimentos distribuídas para 300 cidades gaúchas, com investimento de R$ 1,3 milhão da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos e do Fundo de Defesa do Consumidor. A primeira carga de cestas básicas, cera de 2 mil, será destinada aos municípios de Osório e Tenente Portela.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO