Porto Alegre, sexta-feira, 13 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

13/03/2020 - 12h49min. Alterada em 13/03 às 15h10min

Bolsonaro testa negativo para coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no Twitter que contraprova deu negativo para coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro afirmou no Twitter que contraprova deu negativo para coronavírus


Zak Bennett/AFP/JC
Atualizada às 15h15min
Atualizada às 15h15min
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (13) nas redes sociais que testou negativo para o novo coronavírus. Bolsonaro aguardava a contraprova para confirmar ou descartar a infecção do Covid-19. 
Em pronunciamento oficial do governo sobre o coronavírus nesta sexta, o porta-voz da presidência Otávio Rêgo Barros não mencionou o resultado do teste de Bolsonaro. O discurso de Barros teve enfoque no plano de contingência contra o coronavírus e reforçou pautas do Ministério da Economia, como a antecipação da primeira metade do 13º para aposentados do INSS.
Na quinta-feira (12), foi informado que o chefe de Comunicação Social da Presidência da República, Fabio Wajngarten, havia contraído a doença. Bolsonaro e Wajngarten viajaram junto para os Estados Unidos entre sábado (7) e terça-feira (10), e estiveram na presença do presidente americano Donald Trump.
A partir da confirmação da infecção de Wajngarten, Bolsonaro realizou o primeiro exame e passou a ser monitorado como caso suspeito. Os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Fernando Azevedo (Defesa), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) também realizaram o teste.

Jornais confirmam resultado positivo

Correspondente do veículo americano Fox News anunciou nas redes sociais nesta sexta-feira (13) que o presidente Jair Bolsonaro testou positivo no primeiro exame do coronavírus. Segundo John Roberts, um dos filhos de Bolsonaro confirmou o resultado.
"O presidente brasileiro @jairbolsonaro - que passou a noite com o @realDonaldTrump no Mar-a-Lago no último sábado - testou POSITIVO para o coronavírus", afirmou o correspondente oficial da Casa Branca em postagem deletada no Twitter. Em uma segunda postagem, complementou: "O filho de Bolsonaro disse à @FoxNews que o teste preliminar para coronavírus de seu pai voltou positivo. Eles estão aguardando o resultado para um segundo teste."
O colunista Leandro Mazzini, do Jornal O Dia, afirmou que o primeiro exame de Bolsonaro deu positivo na manhã desta sexta. A informação circulou internacionalmente e foi obtida, segundo o jornalista, por fontes diretas do Planalto. 
Em resposta aos rumores, o deputado federal Eduardo Bolsonaro afirmou em sua conta no Twitter que o resultado ainda não foi concluído. "Sempre há aqueles que soltam mentiras na mídia e caso a história se confirme eles dizem 'eu falei', caso contrário será só mais uma fake news para conta", disse o filho do presidente.