Porto Alegre, terça-feira, 18 de fevereiro de 2020.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

governo federal

12/02/2020 - 11h24min. Alterada em 12/02 às 11h24min

Ronaldo Nogueira é exonerado da presidência da Funasa

Nogueira está entre os investigados na operação que apura desvios no Ministério do Trabalho

Nogueira está entre os investigados na operação que apura desvios no Ministério do Trabalho


MARCO QUINTANA/JC
Agência Brasil
O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feira (12) a portaria da Casa Civil da Presidência da República com a exoneração do presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira.
O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feira (12) a portaria da Casa Civil da Presidência da República com a exoneração do presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira.
Na quinta-feira (6) da semana passada, a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Gaveteiro, para apurar o desvio de valores do então Ministério do Trabalho, por meio da contratação de uma empresa do ramo da tecnologia da informação, em Goiás e em mais cinco estados.
Nogueira, que esteve à frente do ministro do Trabalho entre 2016 e dezembro de 2017, está entre os investigados na operação. Segundo a PF, o esquema criminoso desviou mais de R$ 50 milhões do ministério.