Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de janeiro de 2020.
Dia de Reis.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo do Estado

06/01/2020 - 16h29min. Alterada em 06/01 às 16h33min

Governo Leite antecipa reunião com Cpers para esta terça-feira

Leite decretou a emissão de certidões provisórias para alunos do 9º ano e de 3º ano do Ensino Médio

Leite decretou a emissão de certidões provisórias para alunos do 9º ano e de 3º ano do Ensino Médio


GUSTAVO MANSUR/PALÁCIO PIRATINI/DIVULGAÇÃO/JC
A reunião entre o governo gaúcho e o Cpers-Sindicato para discutir o pagamento do ponto do Magistério, em greve desde o dia 18 de novembro, foi antecipada para esta terça-feira (7), às 11h. A decisão foi tomada no começo da tarde desta segunda (6), pelo governador Eduardo Leite, na sede da Secretaria de Educação (Seduc), em Porto Alegre, e divulgada em nota no site do Estado.
A reunião entre o governo gaúcho e o Cpers-Sindicato para discutir o pagamento do ponto do Magistério, em greve desde o dia 18 de novembro, foi antecipada para esta terça-feira (7), às 11h. A decisão foi tomada no começo da tarde desta segunda (6), pelo governador Eduardo Leite, na sede da Secretaria de Educação (Seduc), em Porto Alegre, e divulgada em nota no site do Estado.
Na reunião, Leite também decretou a emissão de certidões provisórias para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio. O documento permitirá que os alunos não tenham prejuízo na agenda de matrícula de cursos técnicos ou superiores, diz a nota. A Seduc contabilizou 25 dias de paralisação de aulas, entre 14 de novembro e 19 de dezembro.
A antecipação da agenda é uma resposta ao Cpers-Sindicato, que esteve no Palácio Piratini na última quinta-feira (2) reivindicando o encontro com o governo. Além do pagamento aos grevistas, os professores também pautam a negociação da recuperação de aulas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia