Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 29 de novembro de 2019.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Alterada em 29/11 às 19h03min

PSL comunica desligamento do governo Leite

Presidente do partido, Crispim alega discordância com pacote de reformas estruturais do Estado

Presidente do partido, Crispim alega discordância com pacote de reformas estruturais do Estado


MICHEL JESUS/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
O deputado federal Nereu Crispim, presidente estadual do PSL - partido no qual se elegeu o presidente Jair Bolsonaro - divulgou uma nota oficial, nesta sexta-feira (29), em que comunica que a sigla decidiu se retirar do governo de Eduardo Leite (PSDB).
O deputado federal Nereu Crispim, presidente estadual do PSL - partido no qual se elegeu o presidente Jair Bolsonaro - divulgou uma nota oficial, nesta sexta-feira (29), em que comunica que a sigla decidiu se retirar do governo de Eduardo Leite (PSDB).
O motivo alegado para a saída da base aliada do tucano é a discordância com o pacote de reformas estruturais do Estado, enviado por Leite à Assembleia Legislativa em 13 de novembro. A decisão, informa a nota, se deve "aos compromissos assumidos na campanha eleitoral - Projeto Muda Brasil Muda de Verdade - -, especialmente nas áreas de educação, saúde e segurança pública".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia