Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 08 de novembro de 2019.
Dia Mundial do Urbanismo.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governo federal

Alterada em 08/11 às 15h42min

Novo secretário da cultura diz que vai fazer diagnóstico antes de formular um planejamento

Em edição extra do Diário Oficial, o dramaturgo Roberto Alvim foi nomeado para chefiar a secretaria

Em edição extra do Diário Oficial, o dramaturgo Roberto Alvim foi nomeado para chefiar a secretaria


NELSON ALMEIDA / AFP/reprodução/jc
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, disse na quinta-feira (7), em Gramado (RS), que sua primeira ação à frente da Secretaria Especial de Cultura será a realização de um diagnóstico para só então formular um novo planejamento estratégico para valorizar e incentivar as ações culturais de todo o país.
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, disse na quinta-feira (7), em Gramado (RS), que sua primeira ação à frente da Secretaria Especial de Cultura será a realização de um diagnóstico para só então formular um novo planejamento estratégico para valorizar e incentivar as ações culturais de todo o país.
Quinta-feira(7), o presidente Jair Bolsonaro transferiu a Secretaria Especial de Cultura do Ministério da Cidadania para o Ministério do Turismo. Em edição extra do Diário Oficial da União, o dramaturgo Roberto Alvim foi nomeado para chefiar a secretaria.
Em nota, o Ministério do Turismo disse que a secretaria já atuava integrada em diversas pautas e atividades estratégicas com o Ministério do Turismo. "A cultura é um dos principais atrativos turísticos do país e é responsável por grande parte da movimentação de visitantes nacionais e internacionais. O Brasil representa o 9º país em atrativos culturais do mundo, segundo Índice de Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial", diz a nota.
O ministro pediu calma aos trabalhadores do setor. "Eu quero dar uma palavra de tranquilidade aos artistas do Brasil. Podem ficar tranquilos que a cultura vai ser conduzida e desenvolvida com muita responsabilidade, visto que esse setor é muito importante para o Brasil", disse o ministro.
Marcelo Álvaro Antônio disse ainda que é preciso apoiar a cultura não só dos grandes centros. "A gente precisa incentivar e dar oportunidade aos nossos artistas regionais, valorizar as nossas culturas nos quatro cantos do Brasil e é para isso que a gente vai trabalhar".
Agência Brasil
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia