Porto Alegre, sexta-feira, 24 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 24 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Assembleia Legislativa

- Publicada em 02h00min, 06/11/2019. Atualizada em 03h00min, 06/11/2019.

Reforma administrativa proposta pelo governo Leite foi tema do Grande Expediente

Reforma estrutural do Estado ou destruição dos serviços públicos? Com esta pergunta o deputado Luiz Fernando Mainardi (PT) abriu o período do Grande Expediente de ontem, na Assembleia Legislativa, onde criticou o programa de reestruturação do Estado, que deverá ser encaminhado ao Parlamento pelo governador Eduardo Leite (PSDB).
Reforma estrutural do Estado ou destruição dos serviços públicos? Com esta pergunta o deputado Luiz Fernando Mainardi (PT) abriu o período do Grande Expediente de ontem, na Assembleia Legislativa, onde criticou o programa de reestruturação do Estado, que deverá ser encaminhado ao Parlamento pelo governador Eduardo Leite (PSDB).
O petista considera que as propostas do Executivo não enfrentam questões fundantes da crise e tratam os servidores como os responsáveis pelas dificuldades financeiras do setor público. "A crise é grave, mas o governo peca ao olhar só para a despesa e ao tratar os servidores públicos como culpados", apontou o parlamentar.
Na avaliação do deputado, acabar com carreiras do funcionalismo e taxar os aposentados, ampliando as perdas de seu poder aquisitivo, revelam o alinhamento do governo gaúcho à pauta do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).
Comentários CORRIGIR TEXTO