Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Presidência da República

- Publicada em 03h02min, 17/09/2019. Atualizada em 03h00min, 17/09/2019.

Jair Bolsonaro deve reassumir a presidência na quinta-feira

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu alta médica na tarde desta segunda-feira (16), em São Paulo, e seguirá sua recuperação em Brasília. "O presidente continuará sua recuperação em domicílio, devendo seguir as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física", diz boletim médico desta segunda-feira.
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu alta médica na tarde desta segunda-feira (16), em São Paulo, e seguirá sua recuperação em Brasília. "O presidente continuará sua recuperação em domicílio, devendo seguir as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física", diz boletim médico desta segunda-feira.
O presidente estava internado no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, onde foi submetido no dia 8 à quarta cirurgia desde que sofreu uma facada durante um ato de campanha, em setembro de 2018.
A interinidade do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) na chefia do Executivo federal foi estendida em um dia, e Bolsonaro deve reassumir o cargo na quinta-feira (19). Segundo o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a medida foi adotada por orientação médica para que o presidente possa descansar e ter uma recuperação mais rápida.
Barros confirmou que Bolsonaro participará da Assembleia Geral da ONU em 24 de setembro e afirmou que o presidente embarcará para Nova York no dia 23. Segundo o porta-voz, Bolsonaro deixará Nova York e seguirá para o estado americano do Texas, onde se reunirá com industriais, empresários e oficiais das Forças Armadas dos EUA. A estadia no país foi encurtada em um dia e o presidente voltará ao Brasil no dia 25, disse Barros. Também foi confirmada a viagem de Bolsonaro para a Ásia no final de outubro, onde passará por Japão, China, Emirados Árabes, Qatar e Arábia Saudita.
O presidente continua com alimentação cremosa e a evolução do quadro de saúde está de acordo com o esperado pela equipe médica, afirmou Antônio Antonietto, diretor médico do hospital. Ele informou que irá a Brasília na próxima sexta-feira para acompanhar exames de sangue e de imagem de Bolsonaro no hospital DF Star, da mesma rede do Vila Nova Star.
No último dia 8, os médicos corrigiram uma hérnia que surgiu na região do abdômen em decorrência das múltiplas incisões feitas no local nos últimos meses.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO