Porto Alegre, domingo, 26 de julho de 2020.
Dia dos Avós.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 26 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Energia

- Publicada em 12h24min, 28/08/2019. Atualizada em 12h24min, 28/08/2019.

Venda de subsidiárias da Eletrobras não será separada, diz ministro

Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico

Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico


ARQUIVO ELETROBRAS CGTEE/DIVULGAÇÃO/JC
O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta quarta-feira (28) que as subsidiárias da Eletrobras não serão vendidas separadas, como defendem alguns agentes do setor elétrico, mas não soube precisar quando a venda será anunciada e nem quando a operação de capitalização será realizada.
O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta quarta-feira (28) que as subsidiárias da Eletrobras não serão vendidas separadas, como defendem alguns agentes do setor elétrico, mas não soube precisar quando a venda será anunciada e nem quando a operação de capitalização será realizada.
"Vai passar pelo processo legislativo, não dá para saber o prazo da capitalização", afirmou em uma breve participação no Encontro Nacional do Setor Elétrico (Enase), no Rio de Janeiro. De acordo com o ministro, o governo está demorando a anunciar a privatização da Eletrobras porque "está fazendo o melhor trabalho possível".
"Vamos ter uma corporação chamada Eletrobras, vamos vender tudo (subsidiárias) junto", disse enquanto saía do evento para ir a Niterói, participar de um evento da Marinha de passagem de Comando da Diretoria de Hidrografia e Navegação.
Durante seu discurso ao setor, Albuquerque disse estar otimista com as mudanças no setor elétrico brasileiro e anunciou que até o final desta semana lançará mais duas consultas públicas, sobre a garantia do suprimento e outra sobre lastro de energia.
Comentários CORRIGIR TEXTO