Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 12 de agosto de 2019.
Dia Nacional da Juventude .

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

relações internacionais

12/08/2019 - 18h35min. Alterada em 12/08 às 18h58min

'A embaixada, por enquanto, chama-se Eduardo Bolsonaro', afirma o presidente

Presidente afirmou que não há um plano B para indicação ao cargo

Presidente afirmou que não há um plano B para indicação ao cargo


MARCO QUINTANA/JC
Bruna Oliveira, de Barra do Ribeiro
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender, nesta segunda-feira (12), a indicação do filho Eduardo para assumir a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. "A embaixada, por enquanto, chama-se Eduardo Bolsonaro. A aprovação depende dos senadores", declarou o presidente ao comentar que não há um plano B para indicação ao cargo.
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a defender, nesta segunda-feira (12), a indicação do filho Eduardo para assumir a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. "A embaixada, por enquanto, chama-se Eduardo Bolsonaro. A aprovação depende dos senadores", declarou o presidente ao comentar que não há um plano B para indicação ao cargo.
"Vou perguntar aqui para o (Luis Carlos) Heinze se ele vai votar favorável ou não", brincou Bolsonaro em coletiva de imprensa em Barra de Ribeiro, distante cerca de 60 quilômetros de Porto Alegre, durante agenda do presidente para liberação de trechos duplicados da BR-116 no Rio Grande do Sul. "Votamos sim", respondeu o senador gaúcho do PP, diante da plateia de jornalistas instalada às margens da rodovia para pronunciamento do presidente.
Leia também:
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia