Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de agosto de 2019.
Dia do Economista .

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo do Estado

Edição impressa de 13/08/2019. Alterada em 13/08 às 03h00min

Entidades podem propor emendas ao PPA até dia 26 de agosto

Deputados estaduais e entidades da sociedade civil podem apresentar emendas ao Plano Plurianual (PPA) apresentado pelo governo Eduardo Leite (PSDB) até o dia 26 de agosto. O PPA - intitulado Novas Façanhas - tramita na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, da Assembleia. O documento, que fixa diretrizes, objetivos e metas para os próximos quatro anos, projeta um montante de R$ 143,7 bilhões. 
Deputados estaduais e entidades da sociedade civil podem apresentar emendas ao Plano Plurianual (PPA) apresentado pelo governo Eduardo Leite (PSDB) até o dia 26 de agosto. O PPA - intitulado Novas Façanhas - tramita na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, da Assembleia. O documento, que fixa diretrizes, objetivos e metas para os próximos quatro anos, projeta um montante de R$ 143,7 bilhões. 
A comissão tem até o dia 22 de agosto para escolher o relator do texto, que deve apresentar seu parecer até o dia 9 de setembro. A votação do parecer está prevista para o dia 12 no colegiado. Depois, deve ir a plenário no dia 17 de setembro ou 24. A Assembleia tem até o dia 1 de outubro para encaminhar o PPA para sanção governamental.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia