Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 12 de julho de 2019.
Dia do Engenheiro Florestal.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

reforma da previdência

12/07/2019 - 10h51min. Alterada em 12/07 às 10h51min

Câmara abre sessão para votar destaques, mas suspende à espera de quórum

Estadão Conteúdo
A Câmara dos Deputados abriu nesta manhã de sexta-feira (12) a sessão que retomará a votação dos destaques à reforma da Previdência que ainda faltam ser analisados. A sessão foi suspensa em seguida, mas será reaberta mais tarde. No momento, há apenas 61 parlamentares na Casa e 18 deputados na sessão.
A Câmara dos Deputados abriu nesta manhã de sexta-feira (12) a sessão que retomará a votação dos destaques à reforma da Previdência que ainda faltam ser analisados. A sessão foi suspensa em seguida, mas será reaberta mais tarde. No momento, há apenas 61 parlamentares na Casa e 18 deputados na sessão.
Eram necessários 51 deputados para abrir a sessão, mas as votações de fato só devem ser retomadas quando cerca de 490 parlamentares estiverem na Casa. Esse é considerado o quórum seguro pelo governo para evitar que destaques desfigurem o texto principal da reforma.
A sessão da quinta foi encerrada às 2h da madrugada desta sexta. Ainda faltam oito destaques para serem votados. O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na quinta que vai tentar finalizar as votações ainda nesta sexta, inclusive a do segundo turno da proposta, mas afirmou que a conclusão pode ficar para a manhã deste sábado (13).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia