Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de julho de 2019.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Reforma da Previdência

Alterada em 10/07 às 19h05min

Partidos que orientaram sim à texto-base já somam 11; quatro orientam não

PSDB, DEM, PP, MDB, PTB, Patriota, Solidariedade, Podemos, PSL, PSD e PRB se colocaram favoráveis à reforma

PSDB, DEM, PP, MDB, PTB, Patriota, Solidariedade, Podemos, PSL, PSD e PRB se colocaram favoráveis à reforma


LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS/JC
Estadão Conteúdo
As lideranças partidárias continuam a orientar votos para a votação do texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Cada líder tem entre 3 e 10 minutos para falar. O encaminhamento começou às 17h16 e ainda pode levar mais uma hora.
As lideranças partidárias continuam a orientar votos para a votação do texto-base da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Cada líder tem entre 3 e 10 minutos para falar. O encaminhamento começou às 17h16 e ainda pode levar mais uma hora.
O líder do PSDB, Carlos Sampaio (SP), orientou os parlamentares a votarem sim pela reforma da Previdência. O líder do DEM, Elmar Nascimento (BA), encaminhou voto favorável à reforma.
O líder da PP, Arthur Lira (AL), orientou voto favorável à reforma em nome também dos partidos MDB e PTB. O líder do Patriota, Fred Costa (MG), orientou voto favorável à reforma. O líder do Solidariedade, Augusto Coutinho (PE), e o líder do Podemos, José Nelto (GO), também orientaram votos favoráveis à reforma.
O líder do PSOL, Ivan Valente (SP), discursou por alguns minutos, mas deu a palavra final para a deputada Luiza Erundina (PSOL-SP), a quem coube a orientação contrária à reforma. O líder do PCdoB, Daniel Almeida (BA), orientou voto contrário à reforma.
Mais cedo, falaram lideranças do PSL, PSD e PRB, favoráveis à reforma, e do PT e PSB, contra a proposta.
Ainda podem se pronunciar as lideranças do PROS, PL, PSC, Cidadania, Novo, Avante, PV, PMN, PHS, Rede, Maioria, Minoria, Oposição e Governo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia