Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de julho de 2019.
Dia do Operador de Telemarketing. Feriado nos EUA - Dia da Independência.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

vaticano

04/07/2019 - 16h01min. Alterada em 04/07 às 16h41min

Papa Franciso divulga vídeo em que pede a juízes que 'operem com integridade'

Papa divulgou um vídeo em que defendia a imparcialidade dos juízes em sua profissão

Papa divulgou um vídeo em que defendia a imparcialidade dos juízes em sua profissão


TWITTER/REPRODUÇÃO/JC
Em postagem publicada nesta quinta-feira (4) em seu perfil no Twitter, o papa Francisco divulgou um vídeo em que defende a imparcialidade dos juízes em sua profissão.
Em postagem publicada nesta quinta-feira (4) em seu perfil no Twitter, o papa Francisco divulgou um vídeo em que defende a imparcialidade dos juízes em sua profissão.
"Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra", diz um texto de abertura do vídeo, que segue com uma simulação de julgamento e uma fala do Papa em espanhol.
"Sua independência deve ajudá-los a serem isentos de favoritismos e de pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar", afirma o Papa Francisco. "Os juízes devem seguir o exemplo de Jesus, que nunca negocia a verdade", continua.
O vídeo causou furor nas redes sociais, em razão de ter sido divulgado em meio à polêmica no Brasil levantada pela divulgação do The Intercept Brasil de mensagens atribuídas ao atual ministro da Justiça Sergio Moro, ex-juiz da Lava Jato, e a procuradores da operação - entre eles, Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato.
Assita ao vídeo completo:
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia