Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 04 de julho de 2019.
Dia do Operador de Telemarketing. Feriado nos EUA - Dia da Independência.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

Edição impressa de 04/07/2019. Alterada em 04/07 às 03h00min

Tucano assume pasta de Relações Institucionais no lugar de Paim

Lemos assessorava Marchezan

Lemos assessorava Marchezan


/Ricardo Giusti/PMPA

Christian Lemos (PSDB), ex-chefe de gabinete do prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), foi nomeado, nesta quarta-feira, como secretário municipal de Relações Institucionais da prefeitura de Porto Alegre. Lemos assume a pasta responsável pela articulação política. Ele substitui o vice-prefeito Gustavo Paim (PP), que acumulava a função desde maio de 2017.

A nomeação saiu na edição do Diário Oficial de Porto Alegre desta quarta-feira. Lemos é formado em Gestão Pública, foi secretário-executivo do PSDB gaúcho, secretário municipal de Obras e Urbanismo de São José do Norte e dirigiu por quatro anos o Instituto Teotônio Vilela, no Rio Grande do Sul.

"O período em que estive à frente do gabinete do prefeito foi o meu maior desafio profissional. Assumo agora um desafio ainda maior, de comandar a Secretaria de Relações Institucionais e dar continuidade ao trabalho do vice-prefeito", afirmou o novo secretário, em nota publicada no site da prefeitura.

Em 2017, Paim havia substituído Kevin Krieger (PP), que exerceu a função desde o início da gestão de Marchezan.

A saída de Paim acontece em meio ao estremecimento das relações entre o PP e o governo municipal, marcado pela saída de Maurício Fernandes (PP) do cargo de secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade e a exoneração de quadros do partido em cargos comissionados (CCs) da prefeitura.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia