Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 03 de julho de 2019.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Gente

03/07/2019 - 18h56min. Alterada em 03/07 às 18h56min

Candidato presidencial da Argentina visitará Lula na prisão

Alberto Fernández visitará Lula nesta quinta-feira (4)

Alberto Fernández visitará Lula nesta quinta-feira (4)


DANTE FERNANDEZ/AFP/JC
Folhapress
O candidato kirchnerista à Presidência da Argentina, Alberto Fernández, visitará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba. O encontro está previsto para esta quinta-feira (4), segundo o argentino e o Instituto Lula.
O candidato kirchnerista à Presidência da Argentina, Alberto Fernández, visitará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Curitiba. O encontro está previsto para esta quinta-feira (4), segundo o argentino e o Instituto Lula.
Fernández tem como vice em sua chapa a ex-presidente e senadora Cristina Kirchner. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro expressou preferência pela candidatura do atual mandatário argentino, Mauricio Macri, frente à oposição kirchnerista,pedindo que os argentinos"votassem com a razão e não com a emoção".
Nas eleições argentinas de 2015, Lula visitou o candidato kirchnerista à Presidência na época, Daniel Scioli, em Buenos Aires. O encontro ocorreu no sítio de Scioli, que mantém no local uma quadra de futebol com um museu de bonecos históricos da esquerda como Che Guevara e Evita Perón.
O apoio de Lula na ocasião, porém, não mudou o placar em favor de Scioli, que foi derrotado no segundo turno por Macri.
O jornal argentino Clarín afirma que o contato para que o encontro ocorresse foi feito por meio do ex-ministro Celso Amorim.
"Sou amigo de Alberto Fernández, falamos com frequência e, numa conversa nossa, surgiu a ideia de uma visita dele ao Lula", disse Amorim ao Clarín.
Não será a primeira visita internacional de Fernández como candidato -elejá foi ao sítio do ex-presidente uruguaio JoséMujica, nos arredores de Montevidéu.
Fernández lidera de modo apertado as pesquisas de intenção de voto na Argentina, cujo primeiro turno ocorre em 27 de outubro.
Cristina Kirchner sempre manteve uma relação próxima a Lula e Dilma. Ambos o sex-presidentes brasileiros já lhe fizeram visitas de cortesia mesmo quando nenhum dos três estava mais no cargo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia