Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de junho de 2019.
Dia da Marinha Brasileira.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Operação Lava Jato

Alterada em 11/06 às 14h55min

General Villas Bôas sai em defesa da Lava Jato e de Sergio Moro

General da reserva disse que o momento atual é "preocupante" e chamou a Lava Jato de 'esperança'

General da reserva disse que o momento atual é "preocupante" e chamou a Lava Jato de 'esperança'


EVARISTO SA/AFP/JC
Estadão Conteúdo
O ex-comandante do Exército Brasileiro General Villas Bôas publicou um texto em seu Twitter no qual sai em defesa da operação Lava Jato e do ministro da Justiça, Sergio Moro. O general da reserva disse que o momento atual é "preocupante" e chamou a Lava Jato de "esperança" para a normalização ética das relações institucionais do Brasil.
"Momento preocupante o que estamos vivendo, porque dá margem a que a insensatez e o oportunismo tentem esvaziar a operação Lava Jato, que é a esperança para que a dinâmica das relações institucionais em nosso País venham a transcorrer no ambiente marcado pela ética e pelo respeito ao interesse público. Expresso o respeito e a confiança no ministro Sergio Moro", escreveu o militar.
Desde a noite de domingo (9), repercute a divulgação de supostas conversas entre Sergio Moro, então juiz da Lava Jato, com o procurador federal e coordenador da força-tarefa Deltan Dallagnol, além de outros diálogos entre procuradores. As conversas se deram no aplicativo Telegram e foram vazadas pelo site The Intercept.
CORRIGIR