Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

câmara de porto alegre

Edição impressa de 06/06/2019. Alterada em 05/06 às 20h58min

'Porto Alegre precisa perder o preconceito contra empreendedor'

Os "entraves burocráticos", nas palavras da vereadora Mônica Leal (PP), afastam as pessoas - e empreendedores - da Capital. "Daqui a pouco Porto Alegre vai virar uma cidade dormitório", avalia. Para a presidente do Legislativo, o desafio da administração pública é "enxergar o empreendedor, como o termo diz, e não como alguém que tem que ser perseguido, sacrificado. Empreendedor mexe a economia, atua na questão da segurança".
Já Reginaldo Pujo (DEM) questiona: "as pessoas estão saindo de Porto Alegre ou as atividades econômicas foram expulsas?". Citando empresas que eram instaladas na avenida A. J. Renner e no 4º Distrito, projeta que, "para (a cidade) voltar a ser o que foi, tem muito a ser feito, especialmente vencer alguns preconceitos, inclusive ideológicos". "Precisamos começar a entender melhor os empresários, que são tidos como inimigo da cidade."
 
CORRIGIR