Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de maio de 2019.
Dia Internacional contra a Homofobia. Dia Mundial da Internet.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governo federal

Edição impressa de 17/05/2019. Alterada em 17/05 às 09h01min

Bolsonaro nega acordo com Moro para STF

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou atrás nesta quinta-feira de sua primeira versão e disse que não houve nenhum acordo com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para que ele assumisse uma vaga no STF após cumprir um período como titular no governo. "Quem me acompanhou ao longo de quatro anos, sabe que eu falava que precisamos de alguém no Supremo com o perfil de Moro. Não teve nenhum acordo, nada, ninguém nunca me viu com Moro (antes da eleição)", afirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais.
No domingo, porém, Bolsonaro afirmou que assumiu o compromisso de indicar Moro ao STF. "Eu fiz um compromisso com ele, porque ele abriu mão de 22 anos de magistratura. Eu falei: 'a primeira vaga que tiver lá (no STF), está à sua disposição'".
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia