Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de abril de 2019.
Dia da Engenharia.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo federal

Edição impressa de 10/04/2019. Alterada em 10/04 às 03h00min

Relação entre deputados e Planalto piora, diz pesquisa

A percepção de deputados sobre a relação com o Planalto piorou após atritos entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), revela pesquisa feita pela XP Investimentos com 201 deputados.
A avaliação negativa (ruim e péssimo) sobre o relacionamento da Câmara com a Presidência subiu de 12% em fevereiro para 55% em abril. Já a percepção de que as duas instituições se relacionam bem caiu de 57% para 16% no mesmo período.
A avaliação sobre o relacionamento individual de cada deputado com o Planalto foi na mesma direção: ruim e péssimo subiram de 19% para 30% enquanto ótimo e bom caíram de 47% para 34% em dois meses.
Os deputados federais foram consultados entre os dias 26 de março e 4 de abril, depois, portanto, do conflito público entre Bolsonaro e Maia ter sido destravado.
O levantamento aponta que a piora na percepção da relação entre os dois Poderes está relacionada ao atendimento das demandas dos deputados. Para 37% dos parlamentares consultados, os pleitos encaminhados a agências, órgãos e ministérios do governo federal têm sido mal ou muito mal atendidos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia