Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de março de 2019.
Início do Outono.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

20/03/2019 - 17h16min. Alterada em 20/03 às 18h31min

Popularidade do governo Bolsonaro cai 15 pontos desde janeiro, diz Ibope

Popularidade caiu 15 pontos porcentuais (49% para 34%)

Popularidade caiu 15 pontos porcentuais (49% para 34%)


ISAC NÓBREGA/PR/JC
Estadão Conteúdo
A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro caiu novamente na passagem de fevereiro para março, segundo pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência e divulgada na tarde desta quarta-feira (20). De acordo com o levantamento, 34% dos brasileiros consideram boa ou ótima a atual gestão, contra 39% em fevereiro. Em relação ao levantamento de janeiro, a popularidade caiu 15 pontos porcentuais (49% para 34%).
De acordo com Ibope, em fevereiro, a fração dos brasileiros que consideram a gestão ruim ou péssima passou de 19% para 24%. Enquanto isso, a porcentagem dos que avaliaram como regular o governo passou de 30% para 39%. Em relação ao primeiro mês do ano, o número de descontentes com a atual gestão subiu cinco pontos (19% para 24%).
A pesquisa do Ibope foi realizada entre os dias 16 e 19 de março e ouviu 2.002 pessoas. A margem de erro é de dois pontos porcentuais. Nesse levantamento, 8% dos entrevistados disseram não saber ou não responderam à pergunta.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
João 20/03/2019 19h58min
pesquisa com 2002 pessoas em quais cidades? em quantas cidades? ou foi tudo na bhaia, sendo que 57milhões votaram no bolsonaro mais um vez o ibope pagando mico.