Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 26 de fevereiro de 2019.
Dia do Comediante.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara dos Deputados

26/02/2019 - 11h03min. Alterada em 26/02 às 11h03min

Marcel van Hattem aponta falta de diálogo entre Executivo e Legislativo

Marcel afirmou sentir a falta de uma liderança forte no Plenário da Câmara

Marcel afirmou sentir a falta de uma liderança forte no Plenário da Câmara


LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPEUTADOS/JC
Estadão Conteúdo
Estreante na Câmara dos Deputados, Marcel van Hattem, eleito pelo Partido Novo no Rio Grande do Sul, disse já ter percebido a falta de articulação entre os Poderes Executivo e Legislativo. Afirmou também ter sentido a falta de uma liderança forte no Plenário da Câmara, o que mantém na casa uma situação muito nebulosa.
Hattem participa nesta terça-feira (26) da abertura do 20º CEO Conference Brasil 2019, organizado em São Paulo pelo Banco BTG Pactual. Para o jovem deputado, esta situação deve melhorar depois do carnaval. "Concordo que a situação no Congresso está muito nebulosa, mas deve melhorar depois do carnaval", disse.
A partir deste momento, de acordo com Hattem, o treino acaba e quando a bola começar a rolar no jogo oficial, o presidente Jair Bolsonaro precisará chamar os líderes dos partidos políticos para conversar. "Achei muito importante o presidente chamar os líderes para uma conversa hoje à tarde", disse.
Sobre a oposição, o deputado disse que há duas formas de o Partido dos Trabalhadores (PT) prosperar ou fracassar nos próximos dois ou três anos. A primeira é ficar quieto e deixar a confusão avançar, o que vai contra a natureza do partido. A segunda forma é fazer barulho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia