Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 01 de fevereiro de 2019.
Dia do Publicitário.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Investigação

01/02/2019 - 19h35min. Alterada em 01/02 às 19h39min

Ministério Público denuncia ex-prefeito e ex-secretários de Santa Vitória do Palmar por lavagem de dinheiro

O Ministério Público denunciou na quinta-feira (30), 14 pessoas por organização criminosa, lavagem de dinheiro, fraude à licitação, dispensa indevida de licitação e coação no curso do processo investigatório, em Santa Vitória do Palmar.
Os denunciados foram o ex-prefeito Eduardo Correa Morrone, ex-secretários municipais, além de diretores, coordenadores e cargos de confiança, que desempenharam essas funções entre os anos de 2013 e 2016.
Em nota, o MP informou que os veículos oficiais do Município eram lavados em locais variados e também no local conhecido como “Posto da Rotatória”.
A partir de 2014, com a eleição do prefeito que integra o grupo de denunciados, o proprietário do “Posto da Rotatória” ganhou um cargo em comissão (CC) na Prefeitura e passou o estabelecimento para o nome de um funcionário, usado com laranja.
Desde então, o Posto da Rotatória passou a ser único local em que os veículos oficiais eram levados. E a contratação formal do posto nunca foi realizada. O estabelecimento recebeu de cofres municipais os valores R$ 35.770 em 2014 e R$ 12.700 em 2015.
Esse dinheiro era depositado em uma conta particular de um homem que faz parte da denúncia, e que segundo informou a MP eram feitos vários saques destinados ao verdadeiro dono do posto.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia