Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 11 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

Alterada em 11/01 às 15h20min

Decreto de posse de armas deve sair na segunda ou terça-feira, diz Onyx

"Ainda está nos ajustes finais", afirmou Onyx sobre o decreto a respeito do posse de armas

"Ainda está nos ajustes finais", afirmou Onyx sobre o decreto a respeito do posse de armas


VALTER CAMPANATO /AGÊNCIA BRASIL/JC
Estadão Conteúdo
O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, declarou nesta sexta-feira (11), que o decreto que flexibilizará a posse de armas deve sair no começo da próxima semana, na segunda ou na terça-feira. "Ainda está nos ajustes finais", declarou após a cerimônia de troca de comando do Exército. Na posse, a arma só pode ser mantida em casa ou dentro de estabelecimento comercial.
Na quinta-feira (10), após reunião com Jair Bolsonaro (PSL), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse que o decreto poderia sair nesta sexta-feira. Conforme noticiou o jornal "O Estado de S. Paulo", membros do governo que participaram da elaboração da minuta entendem que a legislação atual deixaria espaço para "subjetividades" na hora de avaliar uma solicitação de posse. A ideia é fixar critérios mais objetivos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia