Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 08 de dezembro de 2018.
Dia da Família.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

prefeitura de porto alegre

Alterada em 08/12 às 13h38min

Marchezan assina decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção

Marchezan aponta o objetivo de inibir ou punir os atos ilícitos no âmbito do Poder Executivo Municipal

Marchezan aponta o objetivo de inibir ou punir os atos ilícitos no âmbito do Poder Executivo Municipal


CESAR LOPES/PMPA/JC
Na tarde desta sexta-feira (7), prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, assinou o decreto que regulamenta e dá efetividade ao cumprimento da Lei Anticorrupção. A partir de agora, as pessoas jurídicas que praticarem crimes contra a administração pública, com o objetivo de obter algum tipo de vantagem ilícita, poderão ser penalizadas com multas de até 20% do seu faturamento bruto.
“A intenção é fechar o cerco contra a corrupção. A medida tem o objetivo de inibir ou punir quem queira levar vantagem ilícita”, destaca Marchezan.
A norma estabelece a obrigatoriedade dos agentes públicos comunicar a Controladoria-Geral do Município qualquer prática de ilícito envolvendo empresa prevista na Lei Anticorrupção.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia