Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de novembro de 2018.
Dia do Técnico de Segurança do Trabalho. Dia Internacional de Combate ao Câncer.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação lava jato

Edição impressa de 27/11/2018. Alterada em 27/11 às 01h00min

Dono da OAS se entrega na Polícia Federal de Curitiba

Alvo da 56ª fase da Lava Jato, o empresário César Mata Pires Filho, dono da OAS, entregou-se na sede da Polícia Federal, em Curitiba, na noite deste domingo. A operação foi deflagrada na sexta-feira, mas Mata Pires Filho não foi detido porque estava nos Estados Unidos.
A juíza federal responsável pela operação, Gabriela Hardt, decretou prisão temporária do empresário, que tem duração até hoje. A ordem de prisão, porém, pode ser prorrogada por mais cinco dias ou transformada em preventiva, ou seja, sem data para terminar.
A força-tarefa do Ministério Público Federal do Paraná afirma que Mata Pires Filho teve envolvimento direto com crimes e pagamentos de R$ 68 milhões de propina envolvendo a construção da sede da Petrobras em Salvador, a Torre Pituba. Na época, César Mata Pires Filho era vice-presidente da OAS.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia