Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de novembro de 2018.
Dia do Técnico de Segurança do Trabalho. Dia Internacional de Combate ao Câncer.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

governança

Edição impressa de 27/11/2018. Alterada em 26/11 às 23h20min

Leite participa de evento na Inglaterra para debater gestão pública e educação

Desde domingo até a próxima sexta-feira, o governador eleito Eduardo Leite (PSDB) compõe o grupo de 65 autoridades brasileiras - políticos, especialistas, empresários e terceiro setor - que participam de um encontro na Universidade de Oxford, promovido pela Fundação Lemann, para debater gestão pública e educação.

O objetivo é aprofundar questões centrais para essas áreas de forma propositiva e plural, buscando consensos sobre prioridades e possíveis ações para que haja avanços nos próximos anos. O evento conta com o apoio da Fundação Brava e da Blavatnik School of Government da Universidade de Oxford para o pilar de gestão pública e do Todos Pela Educação para a agenda de educação.

Em gestão pública, o foco será a gestão de pessoas no setor público. "No Brasil, ainda precisamos enfrentar o desafio de atrair, reter e desenvolver as pessoas melhor preparadas para atuar em cargos de liderança para o governo", diz Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann.

O evento conta com relatos de experiências internacionais trazidos por especialistas como Dustin Brown (diretor de Administração da Secretaria da Fazenda do Gabinete da Presidência dos EUA), Thomas Shannon (subsecretário de Estado para Assuntos Políticos que coordenou a transição governamental Obama-Trump), Graeme Head (comissário de Serviço Público de New South Wales, Austrália), e Kate Josephs (diretora de Operações Nacionais, Departamento de Educação do Governo Britânico).

Já em educação, os temas centrais do encontro são os desafios da carreira docente, formação de professores na implementação de novos currículos alinhados à Base Nacional Comum Curricular e a tecnologia como viabilizadora de reformas educacionais em escala. Para Camila Pereira, Diretora de Educação da Fundação Lemann, "os próximos anos são decisivos para que a nossa educação pública melhore e passe a garantir oportunidades iguais para todas as crianças brasileiras".

A agenda traz palestras de Barbara Bruns (Centro para o Desenvolvimento Global, EUA) Evan Marwell (CEO da Education Superhighway, EUA), Cristián Cox (ex-diretor do Programa de Melhoria de Qualidade e Equidade da Educação Básica no Ministério da Educação do Chile), Sean Harford (Ofsted, Reino Unido), Dave Peck (CEO da Curriculum Foundation, Reino Unido) e Ju-Ho Lee (ex-ministro da Educação, Ciência e Tecnologia, Coreia do Sul).

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia