Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Edição impressa de 13/09/2018. Alterada em 13/09 às 01h00min

PRTB quer participação do General Mourão em debates

O PRTB anunciou que vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para colocar o candidato a vice-presidente General Mourão nos debates e entrevistas, enquanto o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) estiver hospitalizado, se recuperando da cirurgia feita após o ataque em Juiz de Fora, na semana passada.
Segundo a assessoria do PRTB, a consulta ainda não foi protocolada no TSE. Depois da resposta do TSE é que o PRTB deverá pedir uma reunião com o PSL, partido de Bolsonaro, para colocar o General Mourão à disposição para substituir o candidato à presidência da República na realização dos debates eleitorais.
Recentemente, o TSE negou pedido do PT para que Fernando Haddad substituísse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, nos debates e em entrevistas.
Ontem, em sabatina promovida pelo jornal O Globo, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) fez pesadas críticas ao vice de Bolsonaro. "General Mourão é um jumento de carga. Acha que tem o poder. Disse que são os profissionais em violência. Olha para quem estamos ameaçando entregar nosso País", declarou o pedetista.
Posteriormente, o candidato a vice minimizou as críticas feitas a ele por Ciro e afirmou que não deseja baixar o nível da campanha. "Ele que fique falando ao vento."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia