Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Edição impressa de 13/09/2018. Alterada em 13/09 às 01h00min

Boulos critica 'beija-mão' de petista a Renan Calheiros

Candidato do PSOL se esquivou de marcar apoio no segundo turno

Candidato do PSOL se esquivou de marcar apoio no segundo turno


/LUIZA PRADO/JC
Em visita a Campinas, no interior de São Paulo, nesta quarta-feira, o presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) fez críticas ao adversário Fernando Haddad (PT), oficializado candidato do partido no dia anterior. "Fiquei estarrecido de ver, na semana passada, o Fernando Haddad indo fazer beija-mão ao Renan Calheiros e ao Eunicio Oliveira no Nordeste. Esse não é caminho. Essa turma representa o que há de mais podre na política brasileira. Deu golpe, é a turma do Temer", disse.
O candidato percorreu o calçadão da 13 de Maio, no Centro de Campinas, acompanhado de militantes. Boulos voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há cinco meses em Curitiba. "Entendemos que a sua condenação é injusta. A nossa campanha é a única que enfrenta de verdade esse sistema, que enfrenta os privilégios."
Ao ser questionado se irá apoiar o PT em um eventual segundo turno, Boulos disse que este é o momento da campanha do primeiro turno. "Estamos diante da eleição mais imprevisível dos últimos tempos no Brasil. O cenário é muito aberto, vamos falar de primeiro turno, e não de segundo turno."
Em um momento, a passeata do PSOL se encontrou com a do candidato Eymael (DC), que também circulava no Centro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia