Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Edição impressa de 01/08/2018. Alterada em 01/08 às 01h00min

Marcio Lacerda descarta ser vice de Ciro Gomes

Pré-candidato ao governo de Minas Gerais e diante da indefinição de seu partido sobre o rumo a tomar na eleição presidencial, o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB) descartou, nesta terça-feira, a possibilidade de ser vice na chapa do presidenciável Ciro Gomes (PDT).
"Não tem mais tempo político viável para isso. Nossa convenção (do PSB mineiro) é no sábado, e não dá para, no dia seguinte, mudar de ideia, desmontaria toda a construção que estamos fazendo aqui. Isso (ser vice) poderia ter sido avaliado de forma aberta, se essa decisão tivesse sido tomada no dia 30, conforme foi convocado inicialmente", afirmou Lacerda.
O PSB nacional está dividido entre o apoio a Ciro e a neutralidade. Diante do impasse, o governador de São Paulo, Márcio França (PSB), passou a defender o lançamento de candidatura própria, o que também não uniu o partido.
Sem conseguir chegar a um acordo, o PSB cancelou uma reunião da Executiva Nacional que estava marcada para ontem e adiou a decisão para a convenção nacional, que será realizada no último dia do prazo, no próximo domingo. Presidente do PDT, Carlos Lupi tentou minimizar o revés. "Ele (Lacerda) já me disse isso há mais de 15 dias, ele é candidato a governador."
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia