Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 28 de julho de 2018.
Dia do Agricultor .

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Eleições 2018

Edição impressa de 24/07/2018. Alterada em 23/07 às 23h58min

Josué Gomes disse a Geraldo Alckmin que não acrescenta eleitoralmente, afirma líder do PR

O empresário Josué Gomes almoçou nesta segunda-feira (23) com o ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR) e com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) na capital paulista. No encontro, o empresário disse que não traz votos ao tucano e afirmou que o ex-governador paulista deve ficar à vontade se quiser procurar um nome para o posto de vice que acrescente eleitoralmente nas eleições 2018.
O relato da conversa foi transmitido por Costa Neto ao líder do PR na Câmara dos Deputados, José Rocha. Ele ressaltou, entretanto, que caberá a Alckmin anunciar se o empresário aceitou ou não o convite para ser companheiro de chapa do presidenciável do PSDB. 
"O que Valdemar me falou é que Josué ponderou que, eleitoralmente, não acrescenta muito à chapa do Alckmin e que o Alckmin ficasse à vontade para buscar alguém que acrescentasse eleitoralmente. Mas que ele acha que o Alckmin é que deve realmente ser o presidente do Brasil", disse Rocha. "Valdemar e eu discordamos, achamos que ele acrescenta e muito", rebateu o líder do PR.
Segundo o parlamentar, Valdemar saiu do encontro e Josué continuou conversando reservadamente com o tucano. "Eu não entendo como um não nem como uma mineirice exagerada de humildade. Certamente o governador (Alckmin) deve se pronunciar", afirmou o líder do PR.
Além do almoço com Alckmin, Josué Gomes tinha uma reunião marcada nesta segunda-feira com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), mas o encontro foi cancelado. Josué também tem sido disputado pelo petista para compor a chapa majoritária ao governo mineiro.
A reunião com Pimentel foi cancelada a pedido do governador petista por causa de uma viagem dele, de última hora, a Brasília para uma audiência com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Carmen Lúcia. O chefe do Executivo mineiro é réu numa ação penal no Superior Tribunal de Justiça (STJ).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Pablo 25/07/2018 16h05min
Geraldo Alckmin tem experiência para fazer o Brasil voltar a crescer.
Pedro Caldas 24/07/2018 23h28min
Alckmin é o melhor candidato disparado! o cara governou SP 4x.. quem conhece SP sabe que é exemplo pro Brasil! não da pra entregar essa eleição pra um aventureiro! Voto Geraldo Alckmin!
BRUNO SARAIVA SANTANA 24/07/2018 16h10min
Estou com Geraldo, ele tem bom discernimento, já tem grandes nomes na economia e fará boas escolhas.n
Marcia Candido 24/07/2018 13h29min
Alckmin sempre fez boas escolhas ao longo da sua vida pública, a escolha do vice não será diferente.