Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de julho de 2018.
Dia do Engenheiro Florestal.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2018

Notícia da edição impressa de 12/07/2018. Alterada em 12/07 às 01h00min

Marina considera nomes do próprio partido para composição

A pré-candidata à presidência da República Marina Silva (Rede) declarou, ontem, que poderá compor sua chapa com nomes do próprio partido nas eleições 2018. Em entrevista à Rádio Super, em Belo Horizonte, a presidenciável disse que espera ter alianças definidas até o final do período destinado para a realização das convenções partidárias.
"Nós temos uma boa prata da casa, bons nomes dentro da Rede e as nossas alianças, em que pese buscar os partidos que conversamos. Mas vamos respeitar a dinâmica desses partidos", disse a ex-senadora.
Questionada sobre a possibilidade de ter Roberto Freire (PPS) como vice, Marina disse que respeita as escolhas do PPS e que segue dialogando com a legenda. A ex-ministra também afirmou que não tem dificuldades em conseguir apoio de outros partidos, mas que cada legenda está analisando o que é melhor para si.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia