Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 03 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 03/07/2018. Alterada em 03/07 às 01h00min

Orçamento Participativo retoma agenda de assembleias em Porto Alegre

Após pausa de um ano na definição de novas demandas para as regiões e temáticas que formam o Orçamento Participativo (OP) de Porto Alegre, a agenda de assembleias deliberativas foi retomada na noite de ontem, dando início ao ciclo de encontros de 2018. Até o dia 6 de agosto, serão realizadas 23 reuniões envolvendo 17 regiões da Capital e seis eixos temáticos. Ontem, foi debatida a temática Cultura e Juventude.
A interrupção do calendário de assembleias no ano de 2017 foi justificada pela prefeitura em decorrência do passivo de demandas não atendidas. Com isso, os encontros de debates entre a prefeitura e a população aconteceram dentro dos Fóruns Regionais e Temáticos do OP (Frops), priorizando a revisão das demandas. Neste ano, serão realizadas novamente as votações por regiões e temáticas, além da escolha dos conselheiros e delegados.
Também neste ano, será lançado um sistema de participação on-line para o Orçamento Participativo, que ocorrerá concomitantemente com as reuniões presenciais do OP. Neste primeiro ano, serão duas fases principais, uma deliberativa, vinculada às assembleias temáticas, e outra consultiva, ligada às assembleias regionais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia