Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de novembro de 2021.
Dia do Doador de Sangue. Feriado nos EUA - Dia de Ação de Graças.
Porto Alegre,
quinta-feira, 25 de novembro de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 19h00min, 24/11/2021.

Orquestra Villa Lobos voltará a ser ouvida

Janaina Audino
A voz da Orquestra Villa Lobos, cujo som aqueceu por anos os corações de plateias dentro e fora do Brasil, voltará a ser ouvida. A sua música novamente vai inundar de notas musicais o imaginário de 175 crianças e jovens de quatro escolas municipais de Porto Alegre. E, em um momento em que o mundo carece tanto de arte e cultura, a prefeitura, por decisão firme e arrojada do prefeito Sebastião Melo, e por meio de uma construção conjunta entre a Procuradoria-Geral do Município e a Secretaria Municipal da Educação, devolve à cidade mais esse projeto que enriquece o nosso patrimônio cultural. O lado bom de ter assumido um desafio difícil e complexo de liderar a educação é que entregas como essa nos permitem comemorar cada resultado, como a cerimônia realizada na sede do Instituto Cultural São Francisco de Assis/Centro de Promoção da Criança e do Adolescente, na Lomba do Pinheiro, com a parceria inestimável do Frei Luciano. Lá, assinamos o termo de fomento que viabilizou a retomada das atividades da Orquestra Villa Lobos com o apoio da Secretaria Municipal da Educação.
A voz da Orquestra Villa Lobos, cujo som aqueceu por anos os corações de plateias dentro e fora do Brasil, voltará a ser ouvida. A sua música novamente vai inundar de notas musicais o imaginário de 175 crianças e jovens de quatro escolas municipais de Porto Alegre. E, em um momento em que o mundo carece tanto de arte e cultura, a prefeitura, por decisão firme e arrojada do prefeito Sebastião Melo, e por meio de uma construção conjunta entre a Procuradoria-Geral do Município e a Secretaria Municipal da Educação, devolve à cidade mais esse projeto que enriquece o nosso patrimônio cultural. O lado bom de ter assumido um desafio difícil e complexo de liderar a educação é que entregas como essa nos permitem comemorar cada resultado, como a cerimônia realizada na sede do Instituto Cultural São Francisco de Assis/Centro de Promoção da Criança e do Adolescente, na Lomba do Pinheiro, com a parceria inestimável do Frei Luciano. Lá, assinamos o termo de fomento que viabilizou a retomada das atividades da Orquestra Villa Lobos com o apoio da Secretaria Municipal da Educação.
Como quase tudo na vida, também os atos públicos são revestidos de seu caráter simbólico, ou seja, tudo aquilo que representam aos olhos do cidadão, que não costuma acompanhar de perto os labirintos burocráticos que sustentam a gestão pública. Mas é igualmente fundamental que esses atos também sejam revestidos de seu componente legal, que dá concretude ao simbólico. Por isso, considero tão importante esse ato que dá transparência e continuidade a uma parceria interrompida por força de circunstâncias que não cabe mencionar neste momento.
A Orquestra é constituída por estudantes da comunidade da Lomba do Pinheiro e, além de inclusão social, oportuniza a formação de músicos profissionais, como alguns talentos que de lá saíram para o mundo. Sabemos que nem todos os estudantes seguirão na área da música, mas com certeza eles terão mais oportunidades de ampliação de repertório para fundamentar as suas escolhas. É neste clima que buscaremos investir nos espaços escolares, complementando o componente curricular da Arte, as linguagens que articulam as práticas de criar, construir e exteriorizar as formas artísticas. Orquestra Villa Lobos, seja bem-vinda de volta ao nosso convívio e continue nos brindando com sua alegria e com a beleza de sua música. Professora Cecília Rheingantz Silveira, a batuta é sua novamente!
Secretária municipal da Educação de Porto Alegre
Comentários CORRIGIR TEXTO