Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 11 de outubro de 2021.
Dia Internacional do Combate à Obesidade. Feriado nos EUA: Columbus Day.
Porto Alegre,
segunda-feira, 11 de outubro de 2021.

Opinião

Compartilhar

ARTIGO

- Publicada em 03h00min, 11/10/2021.

O home office veio para ficar

Monica Riffel
Estamos vivendo um novo momento, isto é fato. Com isso, a pandemia, de certa forma, acelerou um processo que vem sendo cada vez mais comum e que veio para ficar: o home office, ou trabalho remoto. Seja de casa, de algum café ou coworking, a modalidade remota nasceu para trazer mais qualidade de vida às pessoas. Mesmo que tenha sido de forma repentina, lidar com casa mais a carreira já virou rotina no dia a dia de muitas pessoas.
Estamos vivendo um novo momento, isto é fato. Com isso, a pandemia, de certa forma, acelerou um processo que vem sendo cada vez mais comum e que veio para ficar: o home office, ou trabalho remoto. Seja de casa, de algum café ou coworking, a modalidade remota nasceu para trazer mais qualidade de vida às pessoas. Mesmo que tenha sido de forma repentina, lidar com casa mais a carreira já virou rotina no dia a dia de muitas pessoas.
E o que isso tem a ver com as empresas? Tudo! A tendência para os próximos anos é de que o trabalho remoto aumente cada vez mais de forma significativa. Já é notório que o que chamamos de "velho normal" não tem volta, pois, cada vez mais empresas estão aderindo ao home office. Mas, para que isso ocorra com segurança e sabedoria, é necessário entender como isso pode impactar no negócio, já que não pôde ser feito a tempo um redesenho dentro da cultura organizacional da empresa.
Também se faz imprescindível que seja feito um programa de estratégias que vai ajudar as empresas a trilhar nesse caminho de mudanças, o desenvolvimento da equipe e a adaptação ao trabalho remoto. Já é perceptível que muitas pessoas que escolheram a própria casa como escritório estão ainda mais produtivas. Sem esquecer, claro, de planejar também como integrar e socializar a equipe, além de avaliar como a cultura organizacional está sendo percebida no home office. Estamos falando aqui, além de trabalhar as relações, da qualidade de vida, pessoal ou profissional.
É importante lembrar que é preciso, mais do que tudo, empatia, pois também trata-se de um ambiente familiar, com todas as suas particularidades. Tudo isso é pensado, principalmente, para gerar uma competitividade maior no mercado, pois são de inovações que a economia gira no Brasil e no mundo. E é este o caminho que vamos seguir. O home office, aliado a um sistema híbrido, ou seja, ir alguns dias trabalhar no escritório para fortalecer o relacionamento com os colegas, será a tendência nos próximos anos. É o que eu acredito. E é o que irá dar mais qualidade de vida ao trabalhador.
Sócia da 2Office e especialista em RH
Comentários CORRIGIR TEXTO