Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de julho de 2021.
Porto Alegre,
quarta-feira, 21 de julho de 2021.

Opinião

Compartilhar

Artigo

- Publicada em 03h00min, 21/07/2021.

O progresso passa pelas rodovias

Juvir Costella
A qualificação da malha rodoviária é uma estratégia imprescindível para fortalecermos a economia do Rio Grande do Sul. É por isso que, com muito trabalho, criatividade e seriedade na gestão das finanças públicas, conseguimos anunciar no último mês um volume de investimentos sem precedentes com recursos próprios do Tesouro do Estado: R$ 1,3 bilhão para obras e serviços em diferentes regiões gaúchas.
A qualificação da malha rodoviária é uma estratégia imprescindível para fortalecermos a economia do Rio Grande do Sul. É por isso que, com muito trabalho, criatividade e seriedade na gestão das finanças públicas, conseguimos anunciar no último mês um volume de investimentos sem precedentes com recursos próprios do Tesouro do Estado: R$ 1,3 bilhão para obras e serviços em diferentes regiões gaúchas.
Com esse aporte histórico, poderemos atender a projetos que a sociedade reivindica há décadas. Exemplos disso são os acessos municipais: já concluímos 11 na atual gestão estadual; agora, outros 28 deverão ser finalizados. É o progresso e o bem-estar chegando a comunidades do nosso interior, como Cerrito, Montauri, São Pedro das Missões, Coqueiro Baixo e Lagoa Bonita do Sul.
Mas além da pavimentação de estradas, o desenvolvimento também depende da recuperação e ampliação daquelas já asfaltadas e que cumprem papel importante na circulação das riquezas que nosso Estado produz. Corredores estratégicos como a ERS-122 e a RSC-453, na Serra, e a RSC-472 e ERS-342, no Noroeste, já começaram a ter suas condições de trafegabilidade renovadas, garantindo, assim, a redução do custo logístico e mais segurança à população.
Buscamos, assim, dar continuidade a ações fundamentais para estimular a geração de emprego e renda, como tem sido a duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Entregamos a obra em dezembro passado e, hoje, presenciamos a instalação de grandes empresas nacionais ao longo da rodovia - como Magazine Luiza e Droga Raia, com seus centros de distribuição.
É gratificante, da mesma forma, constatar que pequenos e médios empreendimentos também ganharam impulso com a consolidação desse grande projeto logístico.
Investir em nossas estradas significa facilitar negócios e aproximar pessoas, de modo a estimular o giro econômico do Rio Grande do Sul. Assim, tornaremos o nosso Estado competitivo novamente, pois cabe a nós, gestores públicos, o desafio de superar adversidades e viabilizar as soluções que a sociedade exige e merece.
Secretário de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul
Comentários CORRIGIR TEXTO