Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 28 de maio de 2021.
Dia da Saúde.
Porto Alegre,
sexta-feira, 28 de maio de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 15h08min, 28/05/2021.

SPACs: Brasil deve ficar de olho nas empresas que são fenômeno nos EUA

Sandro Wainstein
SPAC é uma sigla em inglês para Special Purpose Acquisition Company, ou seja, Companhias com Propósito Específico de Aquisição. Essas empresas não são novas, mas ganharam mais visibilidade nos Estados Unidos durante a pandemia, tornando-se um fenômeno do mercado financeiro. Agora, estão começando a chamar a atenção em várias partes do mundo — e o Brasil deve ficar de olho nas possibilidades que elas oferecem.
SPAC é uma sigla em inglês para Special Purpose Acquisition Company, ou seja, Companhias com Propósito Específico de Aquisição. Essas empresas não são novas, mas ganharam mais visibilidade nos Estados Unidos durante a pandemia, tornando-se um fenômeno do mercado financeiro. Agora, estão começando a chamar a atenção em várias partes do mundo — e o Brasil deve ficar de olho nas possibilidades que elas oferecem.
Basicamente, a SPAC é uma empresa de capital aberto com a função de comprar outras empresas que sejam rentáveis, através de fundos via IPO. Em geral, são holdings e também são apelidadas de “cheque em branco” no mercado norte-americano, pois os investidores injetam dinheiro no negócio com base na confiança em seus criadores.
Você deve estar se perguntando quais as vantagens de um modelo assim e qual a razão do Brasil ficar de olho, e existem diversas. A captação de dinheiro é mais rápida e a aquisição pode ser feita com menos burocracia, há estabilidade na abertura de capital, além de serem mais rápidas do que um IPO tradicional. Uma SPAC leva, em média, três a quatro meses para entrar em funcionamento, enquanto um IPO leva mais de um ano em todo o processo. Só em 2020, nos Estados Unidos, os IPOs feitos via SPACs movimentaram mais de 70 bilhões de dólares. Algumas empresas asiáticas, inclusive, estão abrindo capital via SPAC na Nasdaq, uma das maiores movimentações do tipo na história.
No entanto, aqui no Brasil, ainda não há uma regulação específica sobre as SPACs. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na audiência pública SDM 02/21, quer receber opiniões sobre a possibilidade de destinar ações a investidores qualificados em um primeiro momento. Se aprovado, essas empresas poderiam alcançar os investidores de varejo após o período de 18 meses. Por isso, é bom ficar atento aos próximos capítulos. As SPACs podem ser mais rápidas e menos burocráticas, ainda mais com a pandemia. Então, a qualquer momento, isso tudo pode estourar.
Advogado
Comentários CORRIGIR TEXTO