Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 27 de abril de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 03h00min, 27/04/2021.

O brasileiro e o empreendedorismo

Jackson Dutra
Rotineiramente, encontram-se em artigos escritos e em matérias televisivas algumas frases semelhantes a essa: "o brasileiro é empreendedor", ou ainda, "o brasileiro é empresário por natureza". Alguns estudos apontam que essa, realmente, é uma característica do brasileiro. Ocorre que, quando nos deparamos com frases análogas àquelas acima mencionadas, tendemos a relacionar esse anseio empreendedor do brasileiro apenas a empresários individuais de modesto porte, ou a negócios familiares ainda em estágio de informalidade. Em suma, tendemos, equivocadamente, a relacionar "empreendedores" apenas a comércios locais.
Rotineiramente, encontram-se em artigos escritos e em matérias televisivas algumas frases semelhantes a essa: "o brasileiro é empreendedor", ou ainda, "o brasileiro é empresário por natureza". Alguns estudos apontam que essa, realmente, é uma característica do brasileiro. Ocorre que, quando nos deparamos com frases análogas àquelas acima mencionadas, tendemos a relacionar esse anseio empreendedor do brasileiro apenas a empresários individuais de modesto porte, ou a negócios familiares ainda em estágio de informalidade. Em suma, tendemos, equivocadamente, a relacionar "empreendedores" apenas a comércios locais.
Claro que existe uma grande parcela de empresários e de empresas em estágio inicial de consolidação, e que são sim empreendedores embora estejam em início de jornada. Contudo, é importante mencionar que, além dos empreendedores em início de formação, existem muitas empresas já consolidadas, com anos de atuação em mercados segmentados e nichos específicos de atuação, que possuem muita expertise e representatividade, conquanto fiquem longe dos holofotes da mídia.
Essas empresas, de muito sucesso, no mais das vezes não têm sua história publicizada, talvez porque ainda não alcançaram patamares que lhes possam autorizar uma abertura ao mercado acionário; talvez porque não possuam marcas nacionalmente difundidas; ou até porque, por vezes, atuem em ciclos intermediários de produção ou de circulação de mercadorias, sendo conhecidas por outras empresas, mas estando distante do olhar do público em geral.
Sobre essas empresas, embora possuam alta representatividade na sociedade e empreguem milhões de funcionários em todo território nacional, não se lê muito, não se escuta muito, e não se vê muito.
Contudo, para quem milita na área empresarial, é muito evidente a importância dessas empresas e desses empresários, que, no silêncio e no anonimato aos olhos do grande público, continuam a manter empregos, gerar riquezas, e criar oportunidades.
Advogado empresarial
 
Comentários CORRIGIR TEXTO