Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 16h41min, 18/02/2021.

A cara-metade

Ana Nejar
Quanto tempo demora para sarar uma ferida? Um corte profundo, pele lacerada, apartada, que necessita estar atado em ponto, revestido em gaze e esparadrapo. Um corte superficial, higieniza, espera. A vida há de curar.
Quanto tempo demora para sarar uma ferida? Um corte profundo, pele lacerada, apartada, que necessita estar atado em ponto, revestido em gaze e esparadrapo. Um corte superficial, higieniza, espera. A vida há de curar.
Em O Banquete, de Platão, uma das narrativas classifica o amor como algo a ser encontrado. A tal busca incessante pela cara-metade teria um motivo: teríamos sido mutilados, éramos seres de quatro braços e quatro pernas e fomos cortados em dois. Vagamos mundo afora a procurar a parte faltante. Costurar o outro em nós e voltarmos a ser um só, enfim, o amor.
É um ideário romântico e até sedutor. As dinâmicas de amor foram se transformando conforme o avanço dos séculos, as tecnologias impondo novas maneiras de nos relacionarmos, enfim. O que parecia distante, impossível, o que demandava horas ou dias para um diálogo se consegue em um toque. Uma foto mais ousada em poucos minutos, um encontro caliente em menos de horas.
Essa celeridade atrapalha ou favorece as relações? Ah, os amores líquidos, alertou Bauman. Nada será como antes, todos estão perdidos, cheios de contatos, de tentações, de descaminhos...bradam os mais velhos (incrivelmente a faixa etária que mais consome aplicativos de encontros).
A facilidade para o esbarrão, para a paixão, para o desejo terá afetado tanto o desejo a ponto de também acelerar o tempo de luto num rompimento?
O tempo de curar a ferida é idêntico ao de anos atrás. Não há mecanismos, aplicativos, jogos, medicação para sarar mais rápido. A pele ficará marcada do mesmo jeito. Algumas coisas nunca mudam. Por mais que a ciência avance, o recomendado no ferimento leve é a simplicidade: água, sabão e espera.
Tentar arrancar a casca só piora a situação. O desamor exige paciência, essa medicação milagrosa. Colocar água oxigenada, mertiolate, antisséptico, band-aid mascara o processo. É preciso ver a pele se recompor, é necessário olhar o estrago, acompanhar sua cicatrização, entender que algumas marcas ficarão e está tudo bem. Um pequeno milagre do corpo também é prova de amor.
Jornalista
Comentários CORRIGIR TEXTO