Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de novembro de 2020.
Dia do Supermercado. Dia Internacional da Qualidade.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 12 de novembro de 2020.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 03h00min, 12/11/2020.

Tecnologia: a aliada para contornar crises

Paulo Ronchetti
A recessão, que assolou o País nos últimos meses em função da pandemia, deixou muitos empresários de cabelo em pé. Uma crise, como a causada pela Covid-19, nunca é fácil de ser enfrentada, porém, para certas empresas, em especial as que contam com algum nível de digitalização, contornar a crise e dar a volta por cima se torna mais simples - e mais rápido.
A recessão, que assolou o País nos últimos meses em função da pandemia, deixou muitos empresários de cabelo em pé. Uma crise, como a causada pela Covid-19, nunca é fácil de ser enfrentada, porém, para certas empresas, em especial as que contam com algum nível de digitalização, contornar a crise e dar a volta por cima se torna mais simples - e mais rápido.
A inovação é essencial para o desenvolvimento de empresas de qualquer porte ou setor de atuação. E a transformação digital deixou de ser um luxo para se tornar um aspecto obrigatório para a sobrevivência dos negócios. Em momentos de crise, a tecnologia é ainda mais importante, pois é uma das ferramentas mais eficazes para avaliar cenários, medir riscos e auxiliar nas tomadas de decisão. Isso sem citar a automatização de processos, como logística, controle de estoque, financeiro e, é claro, melhorar o atendimento ao cliente.
Hoje em dia, são quase infinitas as possibilidades da tecnologia. E engana-se quem acha que isso é coisa apenas para grandes empresas, há opções para todos os bolsos. E, inclusive, um bom software de gestão pode auxiliar na redução de custos e desperdícios. Costumo dizer que, empresas que não inovam têm a falsa sensação de não estarem se arriscando, quando na verdade, não inovar é muito mais arriscado.
Com o distanciamento social forçado, ficou claro que empresas que já contavam com armazenamento de dados em nuvem e gerenciamento remoto, por exemplo, tiveram muito mais facilidade em adotar o home office. E esse é mais um exemplo de que a tecnologia, nos dias atuais, significa sobrevivência. Adaptar-se de forma rápida aos mais variados cenários é o que destaca certas empresas no mercado.
É claro que, a tecnologia é apenas a ferramenta que facilitará o bom desempenho dos negócios. É importante ressaltar que antes de adquirir um software, as empresas precisam analisar suas reais necessidades e objetivos - para então investirem no que mais faz sentido para elas. Nessas horas, vale, inclusive, contar com o auxílio de um especialista, que poderá apresentar soluções que, muitas vezes, o empresário não faz nem ideia que existem. Usar a tecnologia de maneira estratégica significa associar as ferramentas às metas do plano de negócio.
CEO da ITS Group
 
Comentários CORRIGIR TEXTO