Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de setembro de 2020.
Dia Mundial da Alfabetização.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 08 de setembro de 2020.

Opinião

Compartilhar

artigo

- Publicada em 13h26min, 08/09/2020.

Suicídio: ainda um tabu em nossa sociedade

Leci Maria Soriano Bobsin Corrêa
O Setembro Amarelo é uma ação que tem como finalidade conscientizar a população sobre os riscos do suicídio, ato intencional de tirar a própria vida. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, o suicídio é a segunda causa de morte de jovens com idade entre 15 e 29 anos, porém, os idosos também são considerados grupo de risco.
O Setembro Amarelo é uma ação que tem como finalidade conscientizar a população sobre os riscos do suicídio, ato intencional de tirar a própria vida. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, o suicídio é a segunda causa de morte de jovens com idade entre 15 e 29 anos, porém, os idosos também são considerados grupo de risco.
Além da campanha do mês de setembro, o dia 10 foi escolhido pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (IASP), para sensibilizar governos e a população em geral, a criarem estratégicas estimulando o diálogo sobre o tema, ainda considerado tabu em nossa sociedade.
Nossa cultura é permeada pelo preconceito em torno da palavra suicídio, impedindo que famílias abordem o assunto de forma clara. O pensamento enraizado e distorcido de não se acreditar na pessoa que fala abertamente que irá acabar com a sua vida, contribui espantosamente para a impossibilidade de um tratamento eficaz.
Mas como identificar alguém que precisa de ajuda e que corre risco de vida? As doenças psiquiátricas e mentais como transtornos de humor (bipolaridade, depressão), transtornos de personalidade, ansiedade generalizada e esquizofrenia são as causas mais comuns, além do abuso de substâncias. Ainda, a pessoa que está em sofrimento psíquico dá algum sinal, como falar de suas intenções através de palavras onde normalmente incluem sentimento de culpa e que precisa ser levado a sério pelos familiares. Alguns sintomas que podem contribuir para a identificação de pessoas com pensamento suicida são: mudanças nos hábitos de sono e alimentares, irritabilidade, pessimismo, apatia, comportamento agressivo, solidão, dificuldade no convívio social e humor instável. O importante nesses casos é identificar o quanto antes e encaminhar para acompanhamento psicológico e psiquiátrico.
Tirar a própria vida é uma decisão extrema para fugir de algum problema considerado sem solução e a melhor forma de evitá-la é detectar quando a possibilidade existe e agir a tempo. Lembre-se, você pode salvar uma vida!
Psicóloga clínica, psicoterapeuta, professora e administradora
Comentários CORRIGIR TEXTO