Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 22 de junho de 2020.
Dia do Aeroviário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 22 de junho de 2020.

Opinião

CORRIGIR

artigo

Alterada em 22/06 às 16h31min

A festa acabou, a luz acabou, a luz apagou, o povo sumiu...

Oswaldo Paleo
Inspirado no poema de Carlos Drummond de Andrade, estamos vivendo momentos de incerteza e de mudanças profunda em nossas vidas físicas e jurídicas. Como ficaremos e para onde devemos ir, ainda não sabemos ao certo, porém, o futuro deverá ser construído a partir dessas novas experiências e prioridades em que estamos elencando. Muitas perdas pessoais que foram e estão incorrendo nesta trajetória: parentes, amigos, conhecidos além dos recursos monetários e materiais. O que fazer? Que mundo é esse que se descortina à nossa frente?
Inspirado no poema de Carlos Drummond de Andrade, estamos vivendo momentos de incerteza e de mudanças profunda em nossas vidas físicas e jurídicas. Como ficaremos e para onde devemos ir, ainda não sabemos ao certo, porém, o futuro deverá ser construído a partir dessas novas experiências e prioridades em que estamos elencando. Muitas perdas pessoais que foram e estão incorrendo nesta trajetória: parentes, amigos, conhecidos além dos recursos monetários e materiais. O que fazer? Que mundo é esse que se descortina à nossa frente?
Com certeza, nossa avaliação da mais valia mudou de forma significativa. Estamos revendo nossos valores e aquilo que entendemos como importante e relevante em nossas vidas. Entendo que uma área do conhecimento que nos últimos anos tem destacado, a área das relações humanas, tornar-se-á fundamental neste “Novo Mundo” que surge aos nossos olhos.
Aspectos relacionados à inteligência emocional que envolve as relações intrapessoais e interpessoais vão permitir com que venhamos a relevar e reconsiderar nossos sentimentos de raiva e culpa que consomem nossas energias comprometendo tanto nossa qualidade como a longevidade desta vida que usufruímos. Deveremos dar mais relevância a relações pessoais fazendo uso da tecnologia para dispormos de mais tempo com aqueles com que afeiçoamos e nos auxiliam a sermos pessoas melhores e mais sociais.
Por fim, e agora José? Agora sua vida será melhor, mais completa e menos pueril. Você, José, será mais feliz e tornará aqueles ao seu entorno, pessoas mais felizes também. Embora perdas tenham ocorrido, os ganhos obtidos resgatam a principal diferenciação de nossa espécie, homo sapiens, sermos sociais e, portanto, capazes, quando unidos, venceremos quaisquer das adversidades que possam vir a surgir.
Consultor e professor
CORRIGIR
Comentários