Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 04 de outubro de 2019.
Dia do Barman e dia Mundial dos Animais.

Jornal do Comércio

Opinião

COMENTAR | CORRIGIR

artigos

Alterada em 04/10 às 03h00min

Moinhos de Vento: orgulho para o Estado

Soraia Hanna
A história de sucesso de instituições e empresas gaúchas traz a marca de pessoas abnegadas em seus propósitos. Empreender em um Estado que vem perdendo sua pujança e que é marginalizado em termos de investimentos federais e internacionais é uma tarefa difícil. Tornar-se referência nacional diante desse cenário, então, é motivo de celebração. Ao completar 92 anos nesta semana, o Hospital Moinhos de Vento é um exemplo do Rio Grande que dá certo. Além de cuidar da saúde de milhares de gaúchos, de gerar empregos e oportunidades, e de movimentar a economia local, o Moinhos projeta o Rio Grande do Sul para o Brasil e o mundo. É a única instituição da Região Sul a figurar entre os cinco hospitais de excelência do País.
A história de sucesso de instituições e empresas gaúchas traz a marca de pessoas abnegadas em seus propósitos. Empreender em um Estado que vem perdendo sua pujança e que é marginalizado em termos de investimentos federais e internacionais é uma tarefa difícil. Tornar-se referência nacional diante desse cenário, então, é motivo de celebração. Ao completar 92 anos nesta semana, o Hospital Moinhos de Vento é um exemplo do Rio Grande que dá certo. Além de cuidar da saúde de milhares de gaúchos, de gerar empregos e oportunidades, e de movimentar a economia local, o Moinhos projeta o Rio Grande do Sul para o Brasil e o mundo. É a única instituição da Região Sul a figurar entre os cinco hospitais de excelência do País.
Este não é apenas o depoimento de uma jornalista que tem a oportunidade de viver a instituição a cada dia. E mais: que se relaciona com todos os níveis, do CEO até a funcionária que, com carinho, mantém os banquinhos do pátio limpos para os visitantes. Eis o relato de quem já foi paciente, esposa de paciente e mãe de paciente - vendo de perto e sentindo a diferença que faz um atendimento que tem seu foco voltado ao ser humano.
Por trás do conforto das instalações e da excelência do serviço humanizado, há uma cultura de inovação que está presente no DNA de todos os segmentos dessa instituição quase centenária. Esse patamar, aliás, foi alcançado graças a uma gestão primorosa, liderada pelos superintendentes e pelo Conselho de Administração. Os equipamentos mais modernos do País e as práticas mais avançadas estão aqui, ao nosso lado. Foi-se o tempo em que era preciso ir a São Paulo para buscar um tratamento especializado. Junto com o investimento em tecnologia, a inovação é traduzida também na pesquisa. A parceria que se estabelece com a Johns Hopkins Medicine International promove a expansão global de instituições que buscam excelência em educação médica, ciência e assistência. Além de qualificar o trabalho, essa ação pioneira no País aproximou o hospital dos maiores nomes da medicina mundial.
Inquieta, apaixonada e generosa: assim é a alma do Hospital Moinhos de Vento e de todos os colaboradores - que se entregam diariamente para seguir construindo uma história de sucesso que orgulha os gaúchos. Torcer para o constante fortalecimento dessa instituição é torcer pela saúde e pelo próprio Rio Grande do Sul.
Jornalista
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia